terça-feira, 13 de outubro de 2009

GRÃOS, VIDA, EXISTÊNCA...

Círculo, circular, não há fora, "circun-screve". Abarca. Estou sempre dentro. Eloquentemente "ser" significa estar sempre dentro, desde dentro, de um modo de ser. Desde onde as coisas são vistas elas estão dentro. Vida, existência, viagem da e para a experiência.

"Um filósofo: é um homem que continuamente vê, vive, ouve, suspeita, espera e sonha coisas extraordinárias; que é colhido por seus próprios pensamentos, como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, constituindo a sua espécie de acontecimentos e coriscos; que é talvez ele próprio um temporal, caminhando prenhe de novos raios. Um homem fatal, em torno do qual há sempre murmúrio, bramido, rompimento, inquietude. Um filósofo: oh, um ser que tantas vezes foge de si, que muitas vezes tem medo de si - mas é sempre curioso demais para não voltar a si..."
Nietzsche, em Além do Bem e do Mal


0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial